Ensino Fundamental


Ensino Fundamental – Séries Iniciais

Nesse nível de ensino intensifica-se a formação da leitura, da escrita e da produção textual e do letramento. É tempo de aprimorar o raciocínio matemático com as quatro operações, evoluindo para problemas e, mais tarde, para percepções além dos números naturais. O aluno dá continuidade à sua socialização, com a consciência do lugar onde vive, amplia para o município e acaba sendo inserido na noção de estado. No 5º ano das séries iniciais, o educando tem sua criticidade desenvolvida por meio de ações cidadãs (Patrulha Educativa Mirim), pela produção de textos em que opina, defende seus argumentos, e por meio da percepção das diferentes versões históricas.

Matemática

As professoras de 3º, 4º e 5ºs anos do Ensino Fundamental promovem uma "maratona" de exercícios junto às turmas durante as aulas de Matemática. O objetivo é proporcionar a resolução de cálculos, fixação da tabuada e revisão de dúvidas dos alunos de forma lúdica e divertida. São realizados, para isso, jogos de memorização, disputas e competições.

Português

Professoras de Língua Portuguesa distribuem, no início de cada trimestre, uma lista de sugestão de obras, com material para que os alunos registrem as histórias, que serão contadas aos colegas na sala de leitura da biblioteca. Após a contagem de cada aluno, os 31 primeiros colocados, em número de obras lidas a cada trimestre, recebem um destaque do Concurso de Leitura. Em média, foi registrado, no ano de 2012, 60 livros lidos por aluno destacado no trimestre.

Projeto Macieira

Para garantir a culminância do processo de alfabetização, os alunos do 2º ano participam do Projeto Macieira, uma forma diferenciada de trabalhar um literário: o livro é composto de ilustrações a cada página e cabe ao leitor a produção do texto. Eles fazem o rascunho, é corrigido cada texto e eles, então, passam a limpo no próprio livro, com caneta especial. O resultado do trabalho é apresentado na noite de autógrafos, que também conta com encenações das histórias criadas pelos alunos.

Manhã de lazer

Os alunos de 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental anualmente, têm a oportunidade de convidar amigos para participarem da Manhã de Lazer. O evento é coordenados pelos professores que atuam em sala, e pretende reunir alunos e seus amigos convidados em brincadeiras e competições como futipano, guerra de papel, futebol com bola de tênis, jogo do cone e queimada em momentos de pura diversão. Depois de gastarem muita energia, os participantes da atividade fazem lanche na escola.

PEM

A patrulha Educativa Mirim (PEM), formada por alunos do 5º ano do Ensino Fundamental da EIC, atua em ações de consciência ambiental. Em 2012 a patrulha trabalhou em parceria com os acadêmicos do curso de Gestão Ambiental da UFGD, recolhendo assinaturas de apoio ao pedido de ampliação da coleta seletiva para todos os bairros de Dourados, melhorando a estrutura já existente.

Ensino Fundamental – Séries Finais

O trabalho proposto nas séries finais do Ensino Fundamental está voltado para a formação integral do educando, gerando conhecimento para que ele se torne um cidadão com autonomia intelectual e pensamento crítico. Um professor para cada disciplina, uma nova estrutura curricular, maior independência no grupo e aumento da responsabilidade tornam esta fase um desafio estimulante para o aluno. Ao final de cada conteúdo, propõem-se tarefas de casa, pesquisas, propostas de visitas a sites, viagens culturais, dentre outras atividades, ressaltando continuamente que a metodologia do Sistema COC de Ensino possibilita ao aluno a fixação, em casa, das atividades desenvolvidas em sala de aula, com independência, conforme a solicitação dos professores. Com liberdade para aprender, ensinar e compartilhar espontaneamente seus pensamentos e conhecimentos, nossos alunos estarão preparados para os desafios do Ensino Médio.

Explorando temas do dia-a-dia dos alunos, são desenvolvidas diversas atividades de compreensão oral, leitura de textos e produção escrita que desencadeiam reflexões sobre as diferentes práticas de linguagem, ao trabalhar com os diversos gêneros textuais. Nesse sentido, são desenvolvidos projetos que envolvem oralidade, produção textual e leitura em língua portuguesa e inglesa. O projeto “Como tudo começou... E agora?”, desenvolvido de forma interdisciplinar junto às turmas de 6º e 7º anos, envolveu dança, teatro, gastronomia (Diferentes Culturas, diferentes sabores, em inglês), produção textual e ainda chamou a atenção para a sustentabilidade aliada a atitudes concretas no cotidiano, sob o slogan: “ Sustentabilidade + atitude = mundo melhor!”. Os temas e conteúdos promovem hábitos de valorização da vida, de senso crítico, de atitude responsável e ética em relação ao ambiente e à sociedade.

Ao apresentar fatos históricos por meio de diferentes fontes: documentos, imagens e textos literários, propõe-se ao aluno a discussão de temas do presente, relacionando-os ao passado, e desenvolvendo as habilidades de pesquisa e de trabalho coletivo. Para desenvolver essas habilidades, os alunos realizam diversas viagens de cunho pedagógico, ampliando seu s horizontes de conhecimento. Alunos dos 6ºs anos fazem a viagem cultural à capital, Campo Grand para conhecerem a história do Mato Grosso do Sul. No 7º ano os alunos participam de uma verdadeira expedição pela história da rota do café, em Londrina (PR) e no 8º ano é a vez de conhecer a Estação de Ciências da USP, aliando o conhecimento e a tecnologia aos estudos de matemática e língua portuguesa.

Reprodução de obras de arte, releitura, reflexão, pesquisas sobre artistas e momentos históricos e culturais são trabalhados durante as aulas, apresentando atividades variadas em diversas linguagens, como desenho, pintura, colagem, escultura, gravura, entre outras, que visam estimular interesses e habilidades artísticas. Todo esse trabalho realizado na sala de artes rendeu, nesse ano, a primeira edição da EICArte, uma verdadeira exposição de arte e conhecimento produzido pelos alunos das séries finais do Ensino Fundamental.

As atividades práticas e teóricas integram as novas tendências tecnológicas. Essa organização de trabalho, acompanhada pelos pais, consolida o hábito de estudo, importantíssimo para qualquer aluno, em qualquer fase de sua vida escolar. Para exercer responsabilidade, comprometimento e ação, nesse ano foi realizada a primeira edição da Feira Interativa, totalmente organizada pelos alunos de 8ºs e 9ºs anos, expondo trabalhos práticos de natureza científica e o resultado do projeto “O bicho vai pegar”, que provou aos alunos que a disciplina não é um problema, mas solução para problemas de ordem prática do cotidiano.