Circo EIC recebe famílias

 
Habilidades circenses agregam no desenvolvimento físico dos alunos Habilidades circenses agregam no desenvolvimento físico dos alunos

Respeitável público, eis o Circo EIC. Foi com pompa de espetáculo que o projeto desenvolvido nas aulas de Educação Física das turmas de 5º ano do Ensino Fundamental foi encerrado em uma bela apresentação, para os pais e familiares. Os alunos demonstraram dedicação e criatividade para montar os números apresentados, já que as professoras Annelize Prado e Valeska Cardozo deram a eles autonomia total para pensar as apresentações. A noite de 23 de novembro, no Ginásio Poliesportivo, foi um verdadeiro show.

O projeto ocorreu em sala de aula, quadras, sala de dança e laboratório de informática há três meses. Iniciou com a exposição do projeto do Circo do ano anterior, na sala de multimídia, seguido de pesquisa no laboratório de informática, aulas teóricas e práticas abordando as diversidades do circo. Nas aulas de Educação Física, os alunos vivenciaram ginástica acrobática, acrobacias com bolas, arcos, produção de brinquedos, truques de mágica entre outras atividades.

Todo este universo é explorado em um dos conteúdos abordados pelo COC, que abre grandes possibilidades e habilidades para serem trabalhadas nas aulas de Educação Física. "O tema Circo encanta a todos, os alunos se divertem com a possibilidade de aprender as habilidades que o circo oferece: acrobacias, equilíbrio, destreza, ritmo e muito mais", assinala a professora Anenelize.

As professoras observaram a cooperação, responsabilidade e espontaneidade das crianças para com as atividades, assim como a integração do grupo, visto que todos deveriam participar de algum número, ou participar da organização de cenários e figurinos. A professora Valeska foi além com a turma do 5º C, ao montar figurinos apenas com materiais recicláveis, retomando, assim, o projeto da PEM (Patrulha Educativa Mirim).

"Mais uma vez colhemos bons frutos, uma bela apresentação que encheu os olhos das crianças e adultos. Buscaremos dar sequência ao projeto para que, desse modo, as crianças possam vivenciar a magia do circo na escola e, por conseguinte, ampliar seu repertório de habilidades motoras nas aulas de Educação Física", encerra a professora Annelize, satisfeita com o resultado do trabalho desenvolvido.