Educação para o trânsito que começa cedo

Alunos conheceram os sinais de trânsito e aprenderam como se comportar nas vias públicas Alunos conheceram os sinais de trânsito e aprenderam como se comportar nas vias públicas

Na semana do trânsito, ocorrida entre os dias 19 e 25 de setembro, todas as turmas da Educação Infantil foram envolvidas em atividades de educação para o trânsito. Além de aproveitar a pista recentemente montada na área de lazer do pátio, que reproduz situações de trânsito, também houve rodas de conversa com referência ao tema.

Em sala, as crianças puderam dialogar e refletir sobre o respeito no trânsito, conhecer algumas placas e sinais, se conscientizar sobre a importância de usar o cinto de segurança, cadeirinhas e assentos. Durante a semana, as crianças também confeccionaram variados sinais de trânsito e carrinhos de papelão, o que os deixou mais interessados e curiosos para o momento de culminância.

No dia do brinquedo, motocas, carrinhos de brinquedo e de papelão e bicicletas levaram para a prática de tudo o que foi discutido em sala. O objetivo dessa semana foi o de conscientizar sobre o respeito no trânsito, trazendo para as crianças um assunto tão importante, que pode ser desenvolvido de maneira lúdica e prazerosa. Essa proposta visa incentivá-las a tornarem-se bons cidadãos, que saibam respeitar o próximo seja no trânsito ou em qualquer outro espaço de uso coletivo.

"Um trânsito mais seguro depende de nós, e proporcionar momentos recreativos com um olhar especial para a educação no trânsito é de suma importância para a formação de nossas crianças. É brincando que se aprende, e na educação infantil essa é a nossa missão. A conscientização para o respeito no trânsito e com o próximo precisa começar desde cedo, e com muita alegria pudemos proporcionar esses momentos dentro no nosso espaço escolar. Resgatando os conhecimentos prévios de nossos alunos e ampliando o aprendizado de maneira grupal, pois juntos aprendemos mais", considera a professora Natany Garcia de Souza, uma das responsáveis pela atividade.