Turmas da EIC encaram Desafio Ninja de Matemática

Em aula e em casa, estudantes batalham com escolas do Brasil e do mundo Em aula e em casa, estudantes batalham com escolas do Brasil e do mundo

Na contra-mão das famílias que querem "tirar" os filhos do computador, os professores de matemática da EIC estão incentivando os seus alunos a estarem cada vez mais conectados. É que as turmas de 4º ano do Ensino Fundamental até o 3º ano do Ensino Médio estão participando do Desafio Ninja de Matemática, na plataforma de estudos Mangahigh. A competição foi iniciada no dia 26 de maio e vai até o próximo dia 09 e envolve escolas do Brasil que "batalham" entre si.

A plataforma Mangahigh é um dos primeiros sites de Aprendizagem Baseados em Jogos do mundo, na qual os alunos aprendem Matemática por meio de jogos casuais construídos de propósito, que equilibram diversão e aprendizagem. E a estratégia vem dando certo. Segundo o professor Fabrício Germany, os alunos surpreenderam "na compreensão de conteúdos muito abstratos que, por meio do jogo, eles conseguiram aplicar. Houve uma assimilação maior por parte deles nesses conteúdos", testemunha o professor.

Já o professor Valdir Aguiar destaca o quanto o desafio tem sido positivo para os alunos. "Eles se pegam jogando, sem perceber que aquilo é um estudo. Como são muito competitivos, disputam entre eles e também com outras escolas e consideram uma vitória quando conseguem batalhar entre escolas e se saírem melhores", diz. A EIC já esteve no 12º lugar nacional na semana passada, na disputa que ainda está em andamento. "Quanto mais o aluno se envolve nas batalhas, melhor classificado fica", explica Valdir.

Além da disputa, a ferramenta tem melhorado pedagogicamente as aulas de matemática, uma vez que os alunos passaram a interagir mais com o conteúdo. Eles comentam, questionam temas do jogo e isso ajuda nas aulas, segundo os professores.